Anuncio

Busca

Dica de leitura: Confissões - Santo Agostinho

A indicação da semana é de uma das grandes obras do Bispo de Hipona, Confissões, escrita no final do século IV. Uma leitura excelente, não apenas para cristãos, mas para todo aquele que se aventura a ler obras de grandes pensadores.
A obra é dividida em 13 livros, que contam boa parte da vida de Agostinho, de sua passagem pelo maniqueísmo até a conversão ao cristianismo católico.
O autor narra sua busca pela Verdade, pois crê que só ela pode satisfazer o espírito humano. Após narrar seu processo de conversão e confessar seus pecados, Agostinho reflete, a partir do livro X, acerca do tempo e da memória, também sobre as tentações que nossos sentidos nos oferecem.
Excelente obra que sobrevive ainda hoje, num tempo em que biografias de celebridades estão na moda e em que livros de filosofia procuram relativizar valores e ideais.

2 comentários:

  1. As Confissões são um livro extraordinário, corajoso, pois mostra-nos um caminho de coragem no enfrentamento dos "fantasmas" que acumulamos ao longo da vida. Infelizmente tenho um problema com ele: a linguagem de Santo Agostinho, com a qual não me dou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente não é fácil, Thiago. A retórica dele às vezes cansa, mas é extremamente bem elaborada. Estou lendo também o De Trinitate, que achei bem mais complexo que as confissões, mas um livro muito necessário para qualquer cristão.
      Um erro comum feito por vendedores de livrarias católicas é indicar esta leitura para quem quer começar a ler a vida de algum santo. Geralmente as pessoas desistem no livro 1.

      Excluir