Anuncio

Busca

A boa música brasileira


Após um período tenebroso de reposição de aulas e provas de reabilitação na faculdade, dei-me o direito de descansar a mente no dia de ontem. Fui ao Sesc Pompéia participar da gravação do Programa Sr. Brasil, que vai ao ar duas vezes por semana pela TV Cultura.
Há muito tempo eu conservava o desejo de ir, já que acompanho o programa sempre que posso e também Rolando Boldrin faz parte da minha vida. Cresci ouvindo suas músicas e assistindo seus programas.
Minha alegria foi descobrir (sim, eles existiam e eu não os conhecia) músicos maravilhosos, dotados de uma voz fabulosa... compositores-poetas com anos de história, simplesmente deixados de lado pela massa sedenta de música-lixo - se é que há música naquilo que consomem.
Hermínio Bello de Carvalho... compositor, escritor, poeta, músico, produtor... entre suas composições está Mudando de conversa, feita em parceria com Maurício Tapajós e gravada por Dóris Monteiro.

Quero deixar hoje duas coisas: Primeira - Um link do site Acervo HBC. É um arquivo feito ao longo de anos por Hermínio que catalogou e digitalizou obras como poesias, cancioneiros, fotografias, crônicas etc. de valor inestimável para a cultura brasileira. Vale a pena conferir e o acesso é muito simples: http://www.acervohbc.com.br/.

Segunda: Mudando de Conversa

Mudando de conversa onde foi que ficou
Aquela velha amizade
Aquele papo furado todo fim de noite
Num bar do Leblon
Meu Deus do céu, que tempo bom!
Tanto chopp gelado, confissões à bessa
Meu Deus, quem diria que isso ia se acabar
E acabava em samba
Que é a melhor maneira de se conversar
Mas tudo mudou, eu sinto tanta pena de não ser a mesma
Perdi a vontade de tomar meu chopp, de escrever meu samba
Me perdi de mim, não achei mais nada
O que vou fazer?
Mas eu queria tanto, precisava mesmo de abraçar você
De dizer as coisas que se acumularam
Que estão se perdendo sem explicação
E sem mais razão e sem mais porque
Mudando de conversa onde foi que ficou
Aquela velha amizade
Aquele papo furado todo fim de noite
Num bar do Leblon
Meu Deus do céu, que tempo bom!
Tanto chopp gelado, confissões à bessa
Meu Deus, quem diria que isso ia se acabar
E acabava em samba
Que é a melhor maneira de se conversar




Beijos a vocês!

3 comentários:

  1. Conter-me-ei em tecer comentários sobre as aulas! Quanto aos músicos e suas composições, creio que ainda há uma certa elitização da cultura. Enquanto a massa - "pobre e inculta" - continuar a ser exposta ao produto rentável, teremos poucos apreciadores de músicas que realmente dizem algo!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente a grande massa enoja-se da boa música. Rolando Boldrin e seus convidados são de primeira. Não sou um ouvinte assiduo da verdadeira música sertaneja ou do "samba poesia", mas quando passa a minha frente, paro para apreciar. Meu pai nasceu na roça e sempre ouviu o sertanejo de primeira. Evidentemente que aprendi a gostar. Para dar o troco, também enojo-me ao ouvir o lixo musical que é prevalece desde os anos 90. Meu Deus! Como a nova geração consegue engolir tanta porcaria?

    ResponderExcluir
  3. Jan ....adorei seu blog!!! Tb quero ummmmmmmm (invejosa)... Ta muito legal mesmo!!!! Bjs amiga...vou olhar sempre!!!!(Eliana)

    ResponderExcluir